Como EU investiria os meus primeiros MIL REAIS HOJE

ENTRE PARA A LISTA VIP DO MEU CURSO: http://bit.ly/lista-vip-yout1

OUÇA O PRIMOCAST: http://bit.ly/PrimoCast-des

CRIE A SUA CONTA NO KINVO: http://bit.ly/primo-kinvo

– Os primeiros mil iriam, claro, para o fundo de emergência.
– Isso tem um motivo lógico: quando eu comecei a investir, eu investi usando R$ 5 mil que eu ganhei dos meus pais ao fazer 18 anos. Quebrei em 1 semana.
– Hoje eu já passei por isso, já aprendi, e não repetiria o mesmo erro. Fundo de emergência primeiro, depois ações.
– Gap legal de conteúdo: explicar que você originalmente colocava no BTG Pactual Yield, mas que agora ele fechou pra captação (explicar que isso acontece no mercado e que fundos abrem e fecham pra captação normalmente ao longo do tempo).
– MAS, como eu sei que a curiosidade de vocês não é essa, vou supor um outro cenário: com fundo de emergência já formado, no que eu exatamente investiria?
– Resposta: sim, investiria em ações. Hoje a minha carteira de investimentos está inteiramente na bolsa, e eu manteria da mesma forma.
– O racional não mudaria, então sim, eu teria as mesmas ações que eu tenho hoje, mas com uma diferença: eu só investiria em uma delas.
– Escolhida: SQIA.
Motivos:
1) Gosto do case do ativo, e acho que pode subir muito mais de preço do que tem hoje.
CTA: Se você quer entender melhor o case, tenho o vídeo aqui de cima que vai te ajudar a entender.
2) Pra minha estratégia, não faz sentido diversificar em ações com pouco dinheiro. Pra isso, tenho 2 argumentos principais:
a. Se eu tenho pouco dinheiro pra investir e isso é recorrente, o foco não deve ser investir mais, e sim ganhar mais. Escolher várias ações = assumir um compromisso de tempo com elas, já que além de analisar, você vai precisar acompanhar vários cases diferentes. Isso tem um custo de tempo alto, e o custo-oportunidade de usar esse tempo pra descobrir formas de ganhar mais dinheiro por meio do trabalho, geralmente, é maior.
“ah, mas você poderia escolher um ativo já diversificado, como BCFF11, ou ainda uma blue chip”
aí vem o segundo argumento
b. Não faz sentido, pra mim, com pouco dinheiro, investir em ativos que tem como seu principal benefício ser geradores de renda.
Ações geradoras de renda = geralmente são empresas que já cresceram bastante, e, por não ter muito pra onde crescer, crescem pouco e o lucro que fica repassam aos acionistas (exemplo, Itaúsa).
Problema: dividendos tem seu benefício real quando você já tem muito dinheiro. Com pouco, demora pra fazer efeito
Média BCFF11 de rendimento nos últimos 12 meses: R$ 0,52 por cota.
Preço BCFF11 dia 1 de abril: R$84,20
R$ 1000 / R$ 84,20 = 11 cotas do fundo | 11 * R$ 0,52 = R$ 5,72 por mês.
Ou seja: se tudo permanecesse constante, demoraria 14 meses pra que os rendimentos do fundo fossem suficientes pra eu conseguir comprar 1 cota a mais do fundo com seus rendimentos.
O ponto é: com pouco dinheiro, prefiro FOCAR em empresas que podem valorizar bastante do que empresas que pagam bastante dividendos. Meu potencial de ganho é maior (apesar de correr mais riscos)
“Ok Thiago, mas eu não tenho a mesma expertise pra investir que você, como posso começar na bolsa?”

– ETFs. Já diversificados, bons para começar.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 Flex Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top